de pronto

março 14th, 2012 | klidas

Klidas, ou ‘colosso de silêncio’, era a forma como se conhecia Franz Kafka nos círculos libertários de Praga do início do século XX. Estes, frequentava apenas como observador, e apesar de ter grande afinidade por estas correntes e grupos políticos, nunca tomou parte em nenhuma organização.

Este blog evoca a figura do autor, bem como de toda a sua obra. Mas, principalmente, da ideia de colosso de silêncio que, aqui, remonta não à figura de Kafka propriamente, mas algo que parece atravessar mais do que a prisão burocrática e a presença autoritária do dito Estado de Direito, mas a própria identidade pós-moderna que escorre por entre links e hiperlinks no mundo virtual.

As reflexões que se pretende publicar não buscam problematizar diretamente as questões impostas pelos conflitos sociais, dos quais, obviamente, se tem notícia e pelos quais se nutre profundo interesse – sendo muitas vezes pontos de partida para os presentes textos.

São textos ficcionais. Alguns, mais próximos da prosa. Outros, da poesia. Mas a maioria sem qualquer definição de princípio ou fim exato. São textos, como os que se leem diariamente nas faces dos famintos e indignados. As autorias são diversas, reunem-se, talvez, por se crer que é na coletividade e na diversidade que a hunanidade se fortalece.

Espera-se que algum proveito isto tenha, e que se faça boa leitura.

S. Moucho, F. Salamanca e C. Hasa

One Response to “de pronto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*